São Jorge - História e Onde homenagear o santo no dia 23 de abril

Hoje dia 23 de Abril é comemorado o dia do santo guerreiro São Jorge, que tem inúmeros devotos.

Você conhece a história de São Jorge?

Nasceu na Capadócia, região que hoje Pertence a Turquia no ano de 275.

Com a morte de seu pai decide mudar-se com a mãe para a Palestina, onde foi promovido a capitão do Exército romano.

E aos 23 anos de idade passa a residir na corte Imperial em Roma.

Chegou a ser contra a decisão do Imperador romano Diocleciano que queria assassinar todos os cristãos.

Com isso chegou a ser torturado por se opor a ordens do imperador Diocleciano, foi delegado em 23 de abril de 303.

A imagem de São Jorge sobre o cavalo branco, empunhando uma lança, com armadura de ferro e uma capa vermelha, matando um dragão provém de uma lenda que conta que uma princesa seria morta pelo dragão e foi salva por São Jorge.

Tornou-se muito popular e capelas passaram a ser construídas em homenagem a Jorge após sua morte. Como era normal acontecer antes da Idade Média quando figuras viraram santos simplesmente pela devoção de seus seguidores, sem um processo formal da igreja.

São Jorge virou patrono da Cavalaria durante as cruzadas na idade média. Era comum ter imagens de São Jorge a frente das milicias.

É o santo padroeiro da Inglaterra, de Portugal, da Georgia, Catalunha, Lituania e de Moscou.
No dia 23 de abril em todo estado do Rio de Janeiro é feriado.

Também é considerado padroeiro do time Corinthians, dos escoteiros, motociclistas e da Cavalaria do Exército Brasileiro.

Em regiões afrobrasileiras, é sincretizado na forma de Ogum, o senhor da guerra. Isso aconteceu logo após os primeiros africamos chegarem ao Brasil.

Temos entre seus devotos artistas e pessoas bem famosas, como o cantor e compositor Zeca Pagodinho e Jorge Ben Jor, o diretor de novela Jorge Fernando, o ator Tiago Abravanel neto de Silvio Santos que chega a ter uma coleção de camisetas com imagem do santo.

A popularidade do Santo no Estado do Rio de Janeiro é tão grande que no dia 23 de Abril, igrejas que tem o santo como padroeiro como  a do centro Rio e a de Duque de Caxias na Baixado Fluminense, ficam lotadas por devotos.

O curioso também é entender a imagem, a lança por exemplo representa toda a energia canalizada para bloquear o avanço do mal.

Já o cavalo branco como era um animal utilizado pela classe nobre no exército romano também era usada pelos mais importantes membros da milícias nas cruzadas.

O manto vermelho é a cor que representa São Jorge, e significa a sangue das batalhas.

Armadura de ferro era um tipico traje dos militares do exército do império romano.

A espada rege as armas em geral E o Dragão representa o mal, cujo o avanço dever ser combatido.
Salve Jorge!!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários agressivos, obscenos ou ofensivos serão excluídas instantâneamente.